Igreja Una Santa Católica e Apostólica


Eu, eu mesmo e Um "Deus" chamado Eu.

01/06/2013 14:34

 

Você se conhece? Eu sempre me pego me perguntando isso: "Será que eu me conheço mesmo?” Eu parto sempre desse princípio para "provar" para mim mesmo que eu posso saber sobre coisas exteriores minhas, mas as minhas capacidades emotivas (amar, odiar, perdoar, superar...) eu não conheço.

Mesmo sabendo que eu não me conheço fico pensando: "Será que Deus me quer?”. Esse monólogo vira oração e Deus me recolhe, e me diz: "Eu te conheço, eu te quero!". Que imensa felicidade de poder ser de Deus e ter Deus perto de mim!!!

Ao longo de nossa caminhada na vida, tomamos conhecimentos de coisas que acontecem com outras pessoas que não sabemos qual seria a nossa reação se a mesma situação acontecesse com a gente.

As vezes pensamos que as situações futuras estão sobre absoluto controle, porém, nos enganamos... Como São Pedro, que na companhia do Senhor afirma duas vezes que morreria pelo Senhor (cf. Mc. 14,21-32). No diálogo que antecedeu a prisão e crucificação de Jesus, São Pedro, afirma que mesmos que haja escândalo nada mudaria em seu amor. Jesus o repreende com amor, mas São Pedro "repetia com mais ardor" que nunca negaria. Podemos ver que não é bem assim que acontece (cf. Mt. 26,69-75 ou Mc 14, 66-72). São Pedro nega a 1ª, na 2ª nega e jura e na 3ª nega, jura e maldiz... Fazemos isso porque somos presunçosos, nós temos certeza na incerteza!!!

 

Então, por que somos presunçosos?

 

Porque acostumamos com o pecado da mentira, que somos auto-suficientes, enfim tudo aquilo que não vem de Deus. Vejamos que o mal da auto-suficiência foi o auto do pecado de Caim (cf.Gn. 4,3-9), Caim é tão "cheio de si", que ao ser perguntado por Deus onde estaria o seu irmão, balançou bem lá nas orelhas os ombros e disse "acaso sou eu o seu guarda?".

Quantas vezes mais Deus vai caminhar ao seu lado, falar com você, e o tratará com arrogância?!

Temos que nos despir do pecado de ser "arrogante" com Deus, de nos colocarmos no centro de tudo, inclusive da nossa fé.

Devemos buscar conhecer a Deus como Ele nos conhece! Ser dele como Ele quer ser "nosso", caminhar com Ele como Ele quer caminhar conosco.


Devemos reconhecer nossos pecados e buscar a fidelidade com Deus (cf. I Jo 1,5-9), por isso, quando você estiver com aquele meu pensamento lá de cima do texto, faça assim, tenha a CERTEZA que Deus te quer! "Hoje vemos como por um espelho, confusamente; mas então veremos face a face. Hoje conheço em parte; mas então conhecerei totalmente, como eu sou conhecido.” (cf. I Cor 13, 12)

 

Por Marco Antonio


 

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!