4º Domingo do Tempo Pascal

21/04/2013 19:30

 Primeira leitura: (At 13,14.43-52) Segunda leitura: (Ap 7,9.14b-17) Evangelho: (Jo 10,27-30)

Lectio Divina

Todos nós chamados a nos tornar outros cristos trazemos, intrinsicamente a esta vocação, a obrigação de nos tornarmos bons pastores, especialmente nestes tempos em que vivemos de tantas confusões, onde as boas pastagens são raras e os lobos são muitos. Bons pastores que levem as ovelhas à Verdade, alimentando-as com o verdadeiro alimento da alma: a Carne e o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Para realizar esta urgente missão devemos levar e nos deixar ser levados a Cristo Senhor – o BOM PASTOR – pelos prados seguros da Tradição, Magistério e Sagrada Escritura, protegidos pela Santa Mãe Igreja dos lobos que tentam devorar e desviar-nos do Caminho.

Pois a realidade que nos cerca atualmente oferece tantas falsas pastagens, e tristemente estas ofertas surgem daqueles, que por obrigação do estado de vida, deveriam ser bons pastores, mas tornaram-se mercenários que mais do que fugir quando o lobo chega, levam os seus rebanhos ao lobo; movidos pela inveja, pelo orgulho e pela desobediência assemelham-se aos judeus que com blasfêmias contradizem a verdadeira doutrina e Evangelho.

Devemos, portanto, com toda a intrepidez levar todos os povos e nações ao único e verdadeiro rebanho que é a Igreja Católica. Tornando-nos bons pastores em todos os momentos: com os colegas de trabalho; com os filhos, dando uma educação verdadeiramente católica; com os amigos, apresentando-lhes a plenitude da Salvação que só a Igreja de Cristo possui; com os irmãos na fé, que dentro da própria Igreja estão deixando-se desviar. E denunciando os que desejam desorientar o povo de Deus (e rezando por suas conversões). Sem medo da ridicularização, exposição ou perseguição.  A todos dando bom testemunho por amor a Deus, pois sem nos diferenciarmos da massa com nossas palavras e atitudes não ganharemos a confiança daqueles que nos cercam.

Estamos em meio a uma grande tribulação e um número cada vez maior de pessoas necessitam ser fortalecidas na fé para que possam consequentemente vencer espiritualmente, racionalmente e até fisicamente as tormentas das falsas doutrinas e ideologias e, lavando e alvejando suas vestes no Sangue do Cordeiro. Que nos tornemos, antes de tudo, boas ovelhas, submissas a Cristo e a Sua Igreja para sabermos identificar os maus pastores e também tornarmo-nos canais do pastoreio de Jesus Bom Pastor.

Que nossos olhos e corações estejam fitos no Senhor!! Que nossos ouvidos reconheçam a voz de Cristo! Que lutemos para que todos possam reconhecer a voz dAquele que dá a vida eterna.

 

Por Wellington Vieira

 

 

 

Voltar