4º Domingo do Advento

22/12/2013 10:05

 - Ele quer estar conosco -

 A lectio deste domingo se inicia com uma promessa: “Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho. Chamar-se-á Emanuel que significa Deus conosco” (Is 7, 14; Mt 1, 23). É Gabriel, o anjo da Anunciação, que encarregado pelo próprio Deus, trás a São José, a Virgem Maria, e a nós a grandeza da profecia, o Prometido que virá... Ele que estar conosco... “Céus, deixai cair o orvalho, nuvens, chovei o justo, abra-se a terra, e brote o Salvador”... pedimos através do profeta Isaias (Is 45,8), na antífona de entrada da Missa de hoje.

Assumamos desde já, com Maria e José esse espírito de oração, contemplando o Mistério de Amor e peçamos: “Maria, Virgem da escuta, tu és o silêncio no qual ressoa para nós a eterna Palavra da vida. Ajuda-nos a ser ouvintes do Verbo, dócil e silencioso terreno da sua vinda. Pede para nós o dom do Espírito Santo, que ele cubra, também a nós, com sua sombra e que seja penhor, em nós, da vida futura, para nos tornar, neste hoje que passa, promotores de justiça e de paz, antecipadores da festa do Reino”. Amém (Dom Bruno Forte).

Aproximamo-nos do Natal do Senhor, e de forma muito singela, somos convidados pelo Senhor a olhar fixo esta cena do Evangelho. Enche nosso coração de tremenda alegria esta passagem... o anjo diante de Maria, e que também vai até José... É o próprio Deus quem o envia, porque assim exige a grandeza da mensagem e a dignidade deles. O Senhor não encarrega dessa mensagem um home, como fez  noutras ocasiões, em que foram seus embaixadores Moisés, Elias, Eliseu, os profetas e patriarcas... mas é um anjo e dos mais elevados que Ele manda à Santíssima Virgem e a São José. Convinha que assim fosse... entra o anjo na habitação de Maria e faz-lhe respeitosas reverências, ele que nunca tinha se prostrado senão diante de do trono de Deus... agora prostrasse aos pés de Maria, que é a fiel esposa do Espírito Santo e templo, sacrário da Santíssima Trindade. Mas, que via o anjo nela? Acostumado a comtemplar as belezas do céu... que maravilha podia encontrar na terra? E no entanto ao ver Maria fica assombrado, cheio de pasmo e de admiração. Depois da beleza de Deus, nunca nem mesmo no céu, tinha visto alguma coisa de semelhante como naquela virgem escondida no retiro de Nazaré. E o mundo não a conhecia porque para conhece-la é necessário ter olhos de anjo e não olhos da terra.

Ao vermos como Gabriel é tão humilde diante do Mistério da Encarnação... podemos neste dia meditar a nossa presença diante de Maria e do Verbo Divino. Nos apresentamos a ela com entusiasmo fervor e carinho do anjo? Sabemos como Gabriel a apreciar e reverenciar nossa Mãe? O anjo falou com ela, uma vez... e podemos nós conversar com ela, muitas vezes... Podemos proceder assim, vivendo constantemente com ela e Seu Divino Menino que vem... Ele quer estar conosco... faze tudo por ela e com ela... podemos pedir a Deus, olhos de anjo para conhecer e reverenciar bem a nossa Mãe... para amá-la com loucura... para viver sempre com ela...

Peçamos desejos de cooperar com a graça, recebendo as suas inspirações com espírito de fé, venham donde vierem, procurando segui-las em tudo, invocando o anjo da Anunciação e nosso anjo da guarda, hoje e sempre. Amém.

Santa semana a todos e que a graça do mistério da Encarnação do Verbo Divino, desça em nossas almas.

Por Carlos Guilherme

Voltar