Igreja Una Santa Católica e Apostólica


22º Domingo do Tempo Comum

01/09/2013 21:03

“Bendito Sejais, meu Deus, pois conquanto eu seja indigno de todo o bem, ainda assim não cessa Vossa liberalidade e bondade infinita de fazer o bem até aos ingratos e aos que de Vós andam apartados. Convertei-nos a Vós, para que sejamos gratos, humildes e devotos, pois Vós sois Nossa Salvação, Nossa virtude e fortaleza”.

(Imitação de Cristo – Livro III, Capítulo VIII)

A via pela qual Nosso Senhor neste domingo nos leva, é a via da humildade, e já na primeira leitura, em Sua Sabedoria, através do Livro do Eclesiástico Ele nos atiça o coração e nos alerta: “Muitos são altaneiros e ilustres, mas é aos humildes que ele revela seus mistérios”. (Eclo 3,20). Como os discípulos foram alertados a respeito da verdadeira recompensa, e quase que diariamente, nós também, movidos por relações interpessoais, e pela cultura consumista e materialista que nos cerca, como eles, podemos cair na armadilha de desejar recompensas mundanas, passageiras, de pouco ou de nenhum valor aos olhos de Deus. Que se cuide para conservar a atenção voltada para a verdadeira meta. No Evangelho de hoje, a refeição para a qual Nosso Senhor foi convidado serviu de “pano de fundo”, de um pretexto para tão grande ensinamento. Os discípulos devem buscar o que o Senhor quer. E o que Ele quer é corações que humildemente e unicamente busquem a verdadeira recompensa. Essa recompensa, é revelada aos humildes, é dada amorosamente àqueles que possuem ouvidos abaixados, como a Esposa do Cântico dos cânticos, para neles, o Esposo encher dos seus perfumes.

Sentimos sem dúvida alguma, desejos de fazer grandes coisas por Deus, pela Igreja, pelos irmãos, devemos então aprofundar-nos na humildade, na desconfiança de nós mesmos, que somos pó, e confiar Nele, nos jogar nos seus braços, reconhecendo o quanto não temos poder ou força de por em prática nossas resoluções e bons desejos de santidade. Nos resta sempre confiar na Sua Graça, no Seu amor, e permitamos que no fim desta lectio, Ele nos tenha dado maior lucidez sobre o quanto precisamos Dele, que a recompensa é Ele próprio, e que a humildade nos valeu para não acumular nada transitório, e tão somente para darmos Dele ao mundo. Santo Domingo do Senhor e ótima semana.

Por Carlos Guilherme

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!