Igreja Una Santa Católica e Apostólica


A tentação sempre estará presente.

22/09/2013 19:36

Hoje como primeira postagem para esse site, do qual sou muito grato a Deus e aos membros pelo convite, gostaria de tratar do tema da Tentação demoníaca. 

A primeira consideração que eu gostaria de fazer é sobre a existência do demonio. Hoje em dia tornou-se regra entre os teólogos modernos, negar a existência de Satanás, nada mais falso e enganador. C.S.Lewis famoso escritor Anglicano, autor de “As Crônicas de Nárnia” nos relata em seu Livro Cartas do Inferno: “Há dois erros iguais e opostos no que diz respeito à matéria Demônios: Uma é desacreditar em sua existência. A outra é acreditar e sentir um excessivo e doentio interesse neles. Os mesmos demônios ficam igualmente satisfeitos pelos dois erros e portanto, contemplam um materialista e um mágico com o mesmo prazer”.  Já o Padre Gabriele Amorth, famoso exorcista da cidade de Roma, nos diz em uma entrevista ao site Catolicismo: No Evangelho, Nosso Senhor diz: “O demônio é fortíssimo”. Isto está muito claro. É fortíssimo e conseguiu, com sua habilidade, fazer-nos crer que [ele] não existe, coisa que mais lhe agrada. Porque pôde realizar isso nestes séculos - pois já faz três séculos que faltam exorcistas. E isso explica meu combate aos Bispos, aos padres que não crêem na ação do demônio. Eu os critico fortemente.   Portanto não é somente uma escolha, ou uma posição Teológica crer ou não no demônio, mas é um Dogma de Fé, e a descrença no mesmo e na sua ação, é algo fundamental para o seu projeto de ruína das almas. 

Dito isso, eu gostaria de Escrever sobre sua principal ação. Não se trata da possessão ou até mesmo da Obsessão, mas sim da Tentação. Sim a principal e mais perigosa ação demoníaca em nossa vida é a tentação, e por isso existe igualmente um risco em dar excessiva atenção às outras formas de sua ação e esquecer a principal (Lembro aqui que a tentação nem sempre é uma ação direta do demônio, podendo ser consequência também, dos outros inimigos espirituais, ou seja, o mundo e a Carne). No livro de Lewis citado acima, ele, através do diálogo do demônio professor com o seu aprendiz, nos ensina que nada é mais querido ao Diabo que uma alma. Num determinado ponto o diabo aprendiz se alegra com o fato do seu assistido haver ido para a guerra, o mesmo é logo recriminado por seu professor, que lhe diz que a morte de uma alma que não está afastada de Deus, pouco importa para eles, pois a mesma tende a não ser condenada ao inferno. Ou seja, por mais que uma possessão por ser uma realidade que desafia a nossa compreensão seja mais inquietante, a grande arma do diabo é sempre a tentação, pois é a única arma verdadeira que pode precipitar uma alma ao Inferno. Narra-nos Santo Atanásio, grande escritor da vida de Santo Antão, que após uma longa batalha de Santo Antão com o Diabo, onde o demônio aprontava de várias formas contra o Santo Eremita, tudo o que se passou, não passava de uma alucinação de Santo Antão. E Santo Atanásio conclui: “O demônio só tem o poder de mentir”. Não que o demônio não possa agir de outras formas, pois o mesmo por permissão divina pode, mas que sua principal arma é a mentira, mentira essa usada em cada tentação. 

Nisso pode ajudar-nos uma história que nos conta o saudoso Padre Léo, de feliz memória (não sei se a mesma é verídica). Certa vez numa cidade Norte America, houve uma grande greve dos coletores de lixo, como a mesma se estendeu, os lixos acumularam-se na frente das casas. Um homem teve a genial ideia de comprar caixas de papelão e papéis de presente, e empacotar o seu lixo, de forma que parecesse um lindo presente. Com sua caminhonete esse homem leva esse lixo em uma das ruas mais movimentadas da cidade. Não demora muito, e os que passavam por aquela rua faziam de tudo para levar uma daquelas caixas, achando que estavam levando para suas casas lindos presentes. É assim a ação demoníaca, ele enfeita o pecado para parecer à coisa mais bonita e sensual possível, somente quando levamos esse “presente” para a casa (nosso coração) é que nos damos conta de que aquilo não passava de lixo. 

Crux Sacra Sit Mihi Lux Non Draco Sit Mihi Dux!

Por Luiz Felipe

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!