Igreja Una Santa Católica e Apostólica


A Marca da Cruz!

14/09/2013 15:03

14 de Setembro – Exaltação da Santa Cruz

Eu faço faculdade de Comunicação Social e uma das matérias que estudei logo no início do curso tinha relação publicidade e numa certa altura meu professor faz a seguinte pergunta: vocês sabem qual é a marca (símbolo) mais conhecida no mundo de hoje? 

- O símbolo da Shell! _Foi à resposta, mas isso não foi nada diante da revelação que escutei logo após: A Shell é o símbolo (ou marca como preferirem) mais conhecido do mundo tomando o lugar da Cruz que era mais conhecida até então.

Aquilo me intrigou demais e fez me questionar muitas coisas... 

Este Sinal teve seu “auge” na Idade Média, diga-se de passagem, que de Idade das Trevas não tem nada, quando sempre o sinal de nossa salvação estava estampada e elevada em cada catedral, nas igrejas, nos palácios, nas armas (sim! Isso mesmo _ Armas!) as espadas em formatos de cruz, escudos, casas, as velas das grandes navegações... Enfim, sempre estava lá para todos verem: A Gloriosa Santa Cruz!

Sabemos que o símbolo da Shell é ligado ao petróleo e onde tem maior quantidade é no oriente médio, que prevalece o Islamismo. São Paulo ensina em sua Carta aos Coríntios (1,18-23) a nós que, o que é loucura para os pagãos e escândalo para os judeus para os eleitos é o poder de Deus e sua sabedoria!

A Cruz de Nosso Senhor tem sido alvo de críticas e perseguições desde que foi instaurada como objeto usado para nossa salvação. Há muitos protestantes que acreditam que é um sinal de maldição, outros que é o sinal da besta (de onde tiraram isso?) outros que dizem que não deveríamos crucificar Cristo novamente e os mais loucos falam que Jesus morreu em uma estaca e não na cruz (é cada uma que eu escuto) e outras baboseiras mais. Mas a verdade é uma só: Cristo Jesus, o Filho de Deus Encarnado e Ressuscitado morreu e morreu crucificado. E todos aqueles que O olharem serão salvos (Nm 21,8-9).

A Santa Cruz é atacada hoje das mais diversas formas, dos mais baixos níveis de profanações que possa existir. No Brasil que se diz laico (o que não quer dizer o mesmo que não cristão) há uma onda de querer tirar a Cruz dos órgãos públicos como se fosse uma afronta ao poder público e  as outras religiões. Ora se isso é uma afronta, o que significa aquela mulher com uma faixa nos olhos e uma balança e espada nas mãos nos tribuniais?   _ “Essa figura feminina é a deusa grega Diké, filha de Zeus e de Thémis, que, de olhos abertos, segurava, com a mão direita a espada e, com a esquerda uma balança de dois pratos. A balança representa a igualdade buscada pelo Direito e a espada representa a força, elemento inseparável do Direito.” A tarja nos olhos foi acrescentada no sec. XVI “por invenção de artistas alemães, ironicamente, foi-lhe vendados os olhos, retirando-lhe a visão.” (http://eufacodireito.blogspot.com.br/2010/12/qual-o-significado-do-simbolo-da.html)

Como não sou pagão poderia muito bem nunca querer colocar os pés em um tribunal de justiça.

 Há quem diga que é para não constranger os protestantes! Ora bolas! Se eles se escandalizam com uma Cruz de mármore ou madeira, o que iria acontecer se vissem o que realmente aconteceu com Nosso Senhor naquela bendita Sexta-feira da Paixão?

Pois bem, temos então o Crucifixo nestas repartições para bem lembrarmos que Jesus mesmo sendo inocente morreu em um madeiro, e não foi uma lenda ou historinha para aterrorizar crianças malcriadas. Que todo julgamento tem que ser feito segundo o grau da justiça e misericórdia! Este acontecimento  foi real! Foi histórico! Ele esteve aqui nesta terra, ele comeu e bebeu, morreu e ressuscitou dentre os mortos.

E o pior...

Na Jornada Mundial da Juventude um “bando de quem não tem o que fazer” dizendo que queria os direitos das mulheres e todas as bizarrices de sempre, provocaram uma onda de insatisfação até mesmo de gente do próprio movimento quando começaram a zombar e quebrar imagens de Nossa Senhora e de Nosso Senhor. Nus com crucifixos amarrados nos órgãos genitais sentavam nas imagens. No ápice da barbárie enfiaram uma cruz no ânus de um dos integrantes (vale lembrar que era uma pessoa do sexo masculino a ser introduzido). Tive acesso a algumas imagens deste dia e são verdadeiramente horrendas. O mais alto grau de perversidade e falta de respeito que já vi na minha vida feita com a Santa Cruz.

Fica aqui um alerta VENDO UMA REPORTAGEM SOBRE O FATO, ESTE BESTIAL MEMBRO DESTE MOVIMENTO INFORMOU QUE AS CRUZES FORAM CONSEGUIDAS DE FORMA DE DOAÇÃO E QUE AS PESSOAS QUE DOARAM NÃO SABIAM O QUE IRIAM SER FEITO COM ELAS. (http://aliga.band.uol.com.br/episodio/100000618403/14613470/parte-3---em-meio-a-fieis-marcha-das-vadias-protesta-no-rio.html)

Então voltamos a perguntar para nós católicos, portadores por graça e por direito da Cruz de Cristo o que fazemos? O que fazemos quando “marcas” de consumismo são de mais valia que a marca da salvação?

O que queremos quando tiramos de frente dos nossos olhos a marca dos eleitos de Deus? Onde está Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo em nossas vidas? Ou será que ela deu lugar também a outras marcas, seja de roupas, comidas ou prazeres? 

Creio que a Cruz perdeu o seu lugar nas edificações e objetos e está casa vez mais sendo desprezada pelo mundo porque primeiro perdeu o seu lugar no nosso coração, no nosso dia a dia.  A Santa Cruz perde lugar quando ela é deixada de lado por causa de nossas mazelas na fé, nos costumes, nas boas ações.

Que Deus nos dê a graça de voltarmos a desfraldar o estandarte da Cruz como faziam os nossos antepassados e peçamos ao Espírito Santo um coração voltado para “fraqueza de Deus” (1 Cor 1,27-31) e tomemos como exemplo do Pai Seráfico São Francisco, em que qualquer lugar que via o Sinal do Senhor, se prostrava por terra (e muito mais o coração) e dizia: - Nós vos adoramos o Cristo e Vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz remistes o mundo! E muito mais que amar a Cristo ele se tornou o “outro Cristo”- denominação de Cristão – a ponto de ter em si mesmo as marcas da paixão! 

 Estamos em meio ao mundo e rodeado de várias marcas e símbolos, porém, nós anunciamos Cristo e Cristo Crucificado!(1 Cor 1,23)

 

Por Leonardo Souza

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!